sexta-feira, 29 de julho de 2011

11ª primeira Jornada Internacional de Educação da Bahia

A 11ª primeira Jornada Internacional de Educação da Bahia, realizada no Centro de Convenções em Salvador-Ba, aconteceu nos dias 21 a 23 de julho.
Tive a oportunidade de participar de palestras fantásticas com grandes autores, interessados assim como eu, por um ensino de qualidade para nossas crianças.
Foram três dias de muitas aprendizagens, boas reflexões e também boas risadas. Gostaria de compartilhar algumas fotos que tirei com autores e palestrantes maravilhosos como o Professor Gabriel Perissé o qual tenho profunda admiração por toda a contribuição que tem dado a Educação Pública em nosso país e também o Professor Daltro que abrilhantou o evento com a palestra show: O Stress a favor do Educador.



Texto para Reflexão








Como podemos inspirar os alunos a mostrar empatia uns pelos outros, se nós falhamos em mostrar isso em nós.
Na verdade, nós nos importamos muito, porém nosso foco está centrado apenas no desenvolvimento acadêmico e acabamos por ignorar os pequenos gestos que demonstram carinho.
Interessante dizer que, o menor caminho para o sucesso acadêmico de muitos alunos é através dos seus corações. Eles não se importam com quanto nós sabemos, o que eles querem saber é o quanto nós nos importamos.
Aqui vão 25 dicas que, se praticadas diariamente, garantirão o seu nome no Hall da Fama junto aos Alunos, Pais e Direção da Escola.
 Aprenda o nome dos seus alunos
 Lembre a data de aniversário deles
 Pergunte como eles estão e/ou como se sentem
 Olhe nos olhos quando conversar com eles
 Ria junto com eles
 Diga-lhes o quanto você gosta de estar com eles
 Encoraje-os a pensar grande
 Incentive-os a persistirem e celebre os resultados
 Compartilhe do entusiasmo deles
 Quando estiverem doentes envie uma carta ou um bilhete
 Ajude-os a tornarem-se experts em algo
 Elogie mais e critique menos
 Converse a respeito dos sonhos ou do que os afligem
 Respeite-os sempre
 Esteja sempre disponível para ouví-los
 Apareça nos eventos que eles realizarem
 Encontre interesses em comum
 Desculpe-se quando fizer algo errado
 Ouça a música favorita deles com eles
 Acene e sorria quando estiver longe
 Agradeça-os
 Deixe claro o que você gosta neles
 Recorte figuras, artigos de revistas que possam interessá-los
 Pegue-os fazendo algo certo e cumprimente-os por isso
 Dê-lhes sua atenção individual
PROFESSOR, esses 25 comportamentos traduzem a essência do que é criar um relacionamento baseado no amor e no compromisso. Coloque em prática essas dicas e veja a mudança no comportamento dos seus alunos.

Modelo de lembrança para o dia dos pais



Dicas para trabalhar em equipe

ORGANIZE-SE

* VOCÊ ABRIU, FECHE.
* ACENDEU, APAGUE.
* LIGOU, DESLIGUE.
* DESARRUMOU, ARRUME.
* SUJOU, LIMPE.
* ESTÁ USANDO ALGO, TRATE-O COM CARINHO.
* QUEBROU, CONSERTE.
* NÃO SABE CONSERTAR, CHAME QUEM O FAÇA.
* PARA USAR O QUE NÃO LHE PERTENCE, PEÇA LICENÇA.
* PEDIU EMPRESTADO, DEVOLVA.
* NÃO SABE COMO FUNCIONA, NÃO MEXA.
* É DE GRAÇA, NÃO DESPERDICE.
* NÃO LHE DIZ RESPEITO, NÃO SE INTROMETA.
* NÃO SABE FAZER MELHOR, NÃO CRITIQUE.
* NÃO VEIO AJUDAR, NÃO ATRAPALHE.
* PROMETEU, CUMPRA.
* OFENDEU, DESCULPE-SE.
* NÃO LHE PERGUNTEI, NÃO DÊ PALPITE.
* FALOU, ASSUMA.


SEGUINDO ESTES PRECEITOS, VIVERÁS MELHOR. 

Projeto dia dos pais 2011



Projeto: Dia dos Pais

Trabalharemos músicas e histórias referente ao Dia dos Pais. As músicas alegram e embalam, as histórias encantam e dão asas a imaginação. Nesse caso, podemos ouvir, cantar, contar e recontar, memorizar, atuar, imitar, enfim, participar ativamente de atividades que com certeza, vão trazer muita aprendizagem e principalmente muito prazer e alegria.

CONTEÚDOS:

Música dia dos pais;
Personagens da família, enfocando a figura masculina;

OBJETIVOS:

JUSTIFICATIVA:

Valorização da figura paterna;
Estimular a linguagem oral para conversar, brincar, comunicar-se e expressar desejos, opiniões, necessidades, idéias, etc.
Participar de atividades que envolvam histórias, brincadeiras, jogos e canções para despertar e esclarecer curiosidades sobre a família.
Participar de mímicas das músicas;
Interpretar músicas e canções diversas.

Sugestão de Atividades:

Conversas na rodinha;
 Músicas
Textos (em anexo)
 Artes (em anexo)
 Linguagem Oral
Confecção da lembrancinha para os pais
Pesquisas
Brincadeiras e jogos;
Apresentação dos dedoches com personagens da família criando uma história.
Músicas: Ouvir, cantar e dançar diferentes músicas e ritmos;
Ilumina (Ivete Sangalo)
Artes Visuais:
Montagem de mural - com a frase PAPAI QUERO TE ENCHER DE CARINHO! e carimbo das mãozinhas com guache colorido;
Confecção de lembranças –
Cartão – ilustração do cartão, pintura da margem com os dedinhos usando tinta ;
Carimbo dos pés acompanhado da frase PAPAI QUERO SEGUIR TEUS PASSOS.
Corda – trabalhar os conceitos matemáticos – em cima/em baixo, alto/baixo, perto/longe;
Escrever em papel metro as dicas de paternidade e deixar em lugar visível na escola; 

Textos para o dia dos pais

O Incomparável
Sabe? É difícil descrever você.
Você que é tão simples,
Tão puro, tão amigo...
Hum!... não há jeito.
Não encontro palavras.
Por pequenas que sejam,
Não me chegam à mente.
Você é grande demais, sabia?
Você é tão maravilhoso.
Tão incrível, protetor, amigo...
É irmão, é companheiro.
É como uma poesia da Cecília.
Você é isso, é aquilo...
Você é tudo amigo!
Você é meu , é dela,
É dele, é de todos...Não é só um: é mil.
Você é, do que existe,
O mais importante.
Sabe por quê?
Porque... você é:
MEU PAPAI!!!

PAI SEJA PARCEIRO NESSA AVENTURA.

PAPAI, SABE COMO FAZER SEU FILHO FELIZ?
Expressando seu afeto, abraçando, beijando fazendo carinho, elogiando, dizendo que o ama, valorizando suas conquistas.
Dando banho, alimentando, trocando fraldas.
Descobrindo atividades divertidas que vocês possam fazer juntos, como ir à praia ou ao parque, jogar bola, andar de bicicleta, soltar pipas.
Ouvindo seu filho com atenção e demonstrando interesse pelos seus sentimentos, preocupações e pensamentos, atividades e desejos.
Contando sobre sua própria vida e o que você costumava fazer quando tinha a idade dele. Conte situações engraçadas, coisas boas, desafios que enfrentou.
Acompanhando as atividades de seu filho na escola e ajudando nos deveres de casa, conversando sobre os seus planos futuros.

PAI É PARA SEMPRE.
DICAS SOBRE PATERNIDADE
Pai não nasce pronto. Ser pai vai acontecendo a partir do contato com o filho, do desejo de se envolver com o seu desenvolvimento e dos os laços que se formam com essa relação.
A participação do pai nos cuidados com o filho desde a gravidez, é muito importante para o desenvolvimento emocional da criança e do próprio pai.
O pai pode acompanhar o parto de seus filhos em maternidade municipais (Resolução SMS: nº 667 de 20/10/1998). Após o nascimento o pai têm direito a cinco dias de licença paternidade.
O leite materno é muito importante para o bebê. O apoio do pai é fundamental para o sucesso da amamentação. Tanto homens como mulheres, devem aprender a cuidar do bebê, da criança, do adolescente, procurando se informar sobre as diferentes fases do desenvolvimento de seus filhos e trocando experiências com outros pais.
Educação, carinho e apoio são os bens mais importantes que um pai pode dar aos seus filhos.
Uma relação de respeito pode ser construída com afeto e sem violência. É importante dialogar, explicar aos filhos como devem se comportar e sobre tudo dar exemplos.
O pai apresenta o mundo ao filho, ajudando-o a descobrir coisas novas.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

RECADINHO PARA TODOS QUE ACESSAM ESSE BLOG

Gostaria de ressaltar que todos esses projetos são feitos para as Escolas de  Educação Infantil do Município de Varzedo, onde atuo como Coordenadora.
São Escolas municipais, que estão se empenhando para fazer diferença e mostrar  que a escola pública merece respeito e compromisso de todos nós.
Um abraço, Professora Fátima

Projeto: Dia dos avós 2011

Tema: Dia dos Avós


Justificativa:

Todos sabemos a extrema importância que os avós tem na vida e formação de muitas crianças de nosso município. Muito deles auxiliam os filhos na manutenção de seus lares e influenciam direta ou indiretamente nas decisões que serão tomadas para assegurar o futuro de seus netos e até mesmo na criação dos mesmos. Portanto, faz-se necessário não apenas fazer menção a seus nomes no dia 26 de julho, mas trabalhar junto às crianças a importância desse ente familiar tão querido por cada um deles.
 O projeto foi baseado na importância da figura dos avós na vida da criança, com o intuito não apenas de homenageá-los, mas de mostrar aos pequeninos de forma prática e divertida o valor que essas figura tem dentro da família, sendo assim durante o período que se segue trabalharemos contextualizando o tema de forma lúdica, prática, divertida e objetiva sempre buscando um melhor aprendizado das nossas crianças.
Além disso, é importante que ressaltar o elo harmonioso entre crianças e avós, passando-lhes valores como respeito aos idosos (ou Não) e a valorização da família. Não deixando de explorar assuntos relevantes a aprendizagem do educando durante esse período, mas informando-lhes através de músicas, poesias, textos, histórias e imagens a importância dos avós em sua caminhada.

Objetivos:
Proporcionar momentos de reflexão aos pequenos sobre sua convivência com seus avós;
Despertar o interesse pela leitura;
Estreitar os laços familiares entre três gerações;
Valorizar o passado de seus avós;
Desenvolver a expressão corporal;
Resgatar brincadeiras e músicas a muito esquecidas;
Desenvolver sua criatividade artística;
Desenvolver o raciocínio lógico matemático.

Sugestões de atividades:
Ouvir na rodinha relatos das crianças e montar textos interessantes de sua convivência com seus avós ( Cartolina);
Montar um quadro da família através de desenhos, em que mostre a imagem de seus avós jovens e atualmente;
Trabalhar conceito de tempo: ontem, hoje, amanhã, presente, passado futuro,etc;
Confeccionar um cartaz com o nome dos avós, separando maternos e paternos;
Encontrar as vogais e/ ou consoantes nos nomes dos avós;
Obs: Pedir ajuda dos pais para conseguir os nomes de todos os avós, pois algumas vezes a criança não lembra.
Convidar uma ou mais Vovó e Vovô para participar de brincadeiras antigas como: brincadeira de roda, cabra cega, escravos de Jó, passa anel, boca de forno, etc.
Confeccionar cartões para presentear os avós;
Trabalhar com coordenação motora grossa e fina;
Colorir desenhos; (anexo)
Trabalhar com as letras da palavra Vovó;
Trabalhar com o número 4.
Obs: Segue modelos de atividades.

VOVÓS NA ESCOLA
Podemos convidar as vovós para passarem um período na escola com seus netos. Podemos combinar com algumas delas para ensinar algo que elas sabem fazer as outras vovós e/ou aos alunos. Ex: culinária, musiquinhas infantis, brinquedos, quadrinhas, contar casos da infância, contar histórias etc... Os alunos podem declamar poesias, apresentarem jograis, distribuírem cartões, fazerem  jogos de integração com as avós e deliciarem-se com a culinária.








Textos para o dia da Vovó


A Avó

A avó, que tem oitenta anos,
Está tão fraca e velhinha! . . .
Teve tantos desenganos!
Ficou branquinha, branquinha,
Com os desgostos humanos.

Hoje, na sua cadeira,
Repousa, pálida e fria,
Depois de tanta canseira:
E cochila todo o dia,
E cochila a noite inteira.

Às vezes, porém, o bando
Dos netos invade a sala . . .
Entram rindo e papagueando:
Este briga, aquele fala,
Aquele dança, pulando . . .

A velha acorda sorrindo,
E a alegria a transfigura;
Seu rosto fica mais lindo,
Vendo tanta travessura,
E tanto barulho ouvindo.

Chama os netos adorados,
Beija-os, e, tremulamente,
Passa os dedos engelhados,
Lentamente, lentamente,
Por seus cabelos, doirados.

Fica mais moça, e palpita,
E recupera a memória,
Quando um dos netinhos grita:
"Ó vovó! conte uma história!
Conte uma história bonita!"

Então, com frases pausadas,
Conta historias de quimeras,
Em que há palácios de fadas,
E feiticeiras, e feras,
E princesas encantadas . . .

E os netinhos estremecem,
Os contos acompanhando,
E as travessuras esquecem,
— Até que, a fronte inclinando
Sobre o seu colo, adormecem . . .

Olavo Bilac
ALÔ, QUERIDOS AVÓS,
Que estais aqui presentes,
atendestes o convite
e isto nos deixa contentes,
parabéns, ó vovozinhas,
porque hoje é vosso dia;
deus vos dê muita saúde,
amaor, paz e alegria!

Tudo aqui foi preparado
com muita dedicação;
desde o convite ao lanche,
até a programação.
Parabéns, ó vovozinhas,
porque hoje é vosso dia,
deus vos dê muita saúde,
amor, paz e alegria!

Vossa presença, vovós,
nos causou satisfação,
queremos que vocês voltem
em outra ocasião.
Parabéns, ó vovozinhas,
porque hoje é o vosso dia;
deus vos dê muita saúde,
amor, paz e alegria!
SER AVÓ

Ser avó é sentir felicidade
É conhecer um amor doce, profundo,
É viver de carinho e ansiedade,
É resumir nos netos o seu mundo!

Ser avó é voltar a ser criança,
É fazer tudo pelo neto amado...
É povoar a vida de esperança,
É reviver todinho o seu passado.

Ser mãe é dar o coração, eu creio,
Mas ser avó... que sonho abençoado!!!
É viver de ilusão, num doce enleio,
É viver no neto o amor ao filho amado!


VOVÓ

Falar de Vó para mim é beleza!
É pura certeza de viva alegria,
Vovó é doçura, é mel que escorre,
É fada – socorre de noite e de dia.

Vovó é denguinho gostoso,
Molhado, fofinho...
Ensopado de amor e carinho,
Vovó é segurança.
Vovó – esperança do esperto netinho
De tomar (sem ser a hora!) o seu “danoninho”...
Vovó tem magia nos lábios e encantos,
Pois sara com beijos a neta, que em pranto,
Mostra-lhe o dedinho que machucou.
É flor sempre viva que não tem idade,
Pois brinca de roda, se deita no chão,
Se faz de cavalinho pra neta ou netinho
Do seu coração.

Vovó conta história pra gente comer comidinha,
Vovó conta história pra chegar o soninho,
Vovó conta história de lobo, girafa,
Formiga, ursinho...

Vovó conta história da Bíblia Sagrada,
Vovó conta história do menino e Rei Jesus,
Vovó conta história dos santos do céu,
Do reino de Deus, dos anjos de luz...

Vovó é sabidinha!...
Enquanto pode,
Carrega pra igreja os netinhos amados,
Igual vovó Lóide, na Bíblia citada.

Faz tudo o que pode
Pra ver seus netinhos
De Deus sendo anjinhos
Sempre abençoados!

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Conheça o Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação, conjunto de 28 diretrizes que devem ser seguidas pelos municípios para melhorar a educação no Brasil

“Se quisermos ter educação de qualidade para todos, teremos de ter todos pela qualidade da Educação”.

Ao lançar o Plano de Desenvolvimento da Educação(PDE), o governo federal estabeleceu 28 diretrizes a serem cumpridas para melhorar a qualidade da educação básica no país.
Todos os mil municípios definidos como prioritários,  por apresentarem os piores desempenhos no IDEB, já assinaram o termo de compromisso. A adesão é condição fundamental para a elaboração do Plano de Ações Articuladas (PAR), composto por um diagnóstico da educação no município e objetivos a serem atingidos. O plano é dividido em quatro áreas: (1) gestão educacional, (2) formação de professores e de profissionais de serviços e apoio escolar, (3) práticas pedagógicas e avaliação e (4) infra-estrutura e recursos pedagógicos. 

O Ministério da Educação utiliza o PAR para fazer transferências de verba e fornecer assistência técnica para os municípios, ajudando-os a alcançar as metas anuais definidas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). As escolas que conseguem cumprir essas metas recebem, a título de incentivo, uma parcela extra no valor de 50% dos recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).

1 - Estabelecer como foco a aprendizagem, apontando resultados concretos a atingir; 
2 - Alfabetizar as crianças até, no máximo, os oito anos de idade, aferindo os resultados por exame periódico específico; 
3 - Acompanhar cada aluno da rede individualmente, mediante registro da sua freqüência e do seu desempenho em avaliações, que devem ser realizadas periodicamente; 
4 - Combater a repetência, dadas as especificidades de cada rede, pela adoção de práticas como aulas de reforço no contra-turno, estudos de recuperação e progressão parcial; 
5 - Combater a evasão pelo acompanhamento individual das razões da não-freqüência do educando e sua superação; 
6 - Matricular o aluno na escola mais próxima da sua residência; 
7 - Ampliar as possibilidades de permanência do educando sob responsabilidade da escola para além da jornada regular;

8 - Valorizar a formação ética, artística e a educação física; 
9 - Garantir o acesso e permanência das pessoas com necessidades educacionais especiais nas classes comuns do ensino regular, fortalecendo a inclusão educacional nas escolas públicas; 
10 - Promover a educação infantil; 
11 - Manter programa de alfabetização de jovens e adultos; 
12 - Instituir programa próprio ou em regime de colaboração para formação inicial e continuada de profissionais da educação; 
13 - Implantar plano de carreira, cargos e salários para os profissionais da educação, privilegiando o mérito, a formação e a avaliação do desempenho; 
14 - Valorizar o mérito do trabalhador da educação, representado pelo desempenho eficiente no trabalho, dedicação, assiduidade, pontualidade, responsabilidade, realização de projetos e trabalhos especializados, cursos de atualização e desenvolvimento profissional;
15 - Dar conseqüência ao período probatório, tornando o professor efetivo estável após avaliação, de preferência externa ao sistema educacional local; 
16 - Envolver todos os professores na discussão e elaboração do projeto político pedagógico, respeitadas as especificidades de cada escola; 
17 - Incorporar ao núcleo gestor da escola coordenadores pedagógicos que acompanhem as dificuldades enfrentadas pelo professor; 
18 - Fixar regras claras, considerados mérito e desempenho, para nomeação e exoneração de diretor de escola; 
19 - Divulgar na escola e na comunidade os dados relativos à área da educação, com ênfase no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - IDEB, referido no art. 3o; 
20 - Acompanhar e avaliar, com participação da comunidade e do Conselho de Educação, as políticas públicas na área de educação e garantir condições, sobretudo institucionais, de continuidade das ações efetivas, preservando a memória daquelas realizadas; 
21 - Zelar pela transparência da gestão pública na área da educação, garantindo o funcionamento efetivo, autônomo e articulado dos conselhos de controle social; 
22 - Promover a gestão participativa na rede de ensino; 
23 - Elaborar plano de educação e instalar Conselho de Educação, quando inexistentes; 
24 - Integrar os programas da área da educação com os de outras áreas como saúde, esporte, assistência social, cultura, dentre outras, com vista ao fortalecimento da identidade do educando com sua escola; 

25 - Fomentar e apoiar os conselhos escolares, envolvendo as famílias dos educandos, com as atribuições, dentre outras, de zelar pela manutenção da escola e pelo monitoramento das ações e consecução das metas do compromisso; 
26 - Transformar a escola num espaço comunitário e manter ou recuperar aqueles espaços e equipamentos públicos da cidade que possam ser utilizados pela comunidade escolar; 
27 - Firmar parcerias externas à comunidade escolar, visando a melhoria da infra-estrutura da escola ou a promoção de projetos socioculturais e ações educativas; 
28 - Organizar um comitê local do Compromisso, com representantes das associações de empresários, trabalhadores, sociedade civil, Ministério Público, Conselho Tutelar e dirigentes do sistema educacional público, encarregado da mobilização da sociedade e do acompanhamento das metas de evolução do IDEB.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

terça-feira, 12 de julho de 2011

Maltratar animais é crime



" Lei Federal de Crimes Ambientais nº 9.605/98
MALTRATAR ANIMAIS É CRIME.
Art. 32º. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos exóticos:
Pena - detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 1º. Incorre nas mesmas penas que realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que fará fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§ 2º. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.
Denúncia ao Ministério Público
Tel.: RJ (021) 2261-9954
SP (011) 6955-4352
Ao testemunhar maus tratos aos animais, chame a Polícia Civil ou a Polícia Militar e denuncie, exigindo que seja cumprido o Artigo 32 da Lei 9605/98. Os policiais são obrigados a aceitar a denúncia, podendo o caso ser levado a Secretaria de Segurança.
O Disque-denúncia (2253-1177) também recebe denúncias sobre maus tratos, tráfico de animais, envenenamentos, trabalhos forçados, espetáculos que praticam abusos e maus tratos (circos, rodeios, brigas de cães e galos, etc.).
"O animal selvagem e cruel não é aquele que está atrás das grades. É o que está na frente delas."
Axel Munthe
Associação Casa do Cão e Gato"
Fonte original: http://www.casadocaoegato.com.br/lei4.html

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Receita de reciclagem de giz cera

            Reciclando Giz de Cera
Vamos reciclar giz de cera?
Sabem aqueles pedacinhos de giz que criança nenhuma quer aproveitar?
Pois bem, então vamos juntar tudo colocar no forno, derreter e fazer giz de cera colorido!
Legal não é?

Como fazer? Simples:
Coloque os giz de cera numa assadeira e leve ao forno brando até derreter, após derreter espere esfriar e desenforme.
Corte da maneira que preferir.
Se tiver formas de biscoitos como florzinha e bichinhos ainda melhor, as crianças vão adorar e o material que
seria jogado fora será disputado nas aulas de pintura.
Você pode também utilizar a forma de silicone.